eMentorCast #12 – Como fazer uma boa reunião 1:1 – com Lui Von Holleben

Podcast com Lui Von Holleben

Esse episódio marca o início da terceira temporada do eMentorCast, dessa vez como co-hosts o nosso CEO Vinicius Silvestrini e o mentor Vagner Rocha, que é Talent Acquisition na Netflix, receberam como convidado o mentor Lui Von Holleben, um dos principais nomes de Customer Success do Brasil.

Lui é líder de CS na Birdie, um SaaS B2B de Inteligência Artificial investida por Astella e Sotbank. Fez parte de um dos primeiros times de Customer Success do Brasil e fui responsável pela estruturação de Vendas e CS em diferentes Startups e Scale-ups no país e fora também. Passou por RD Station, GeekHunter, Movidesk e ActiveCampaign.

Ficou um papo muito aberto e descontraído, onde Lui contou sua trajetória profissional, falou dos seus projetos, o livro “Reuniões 1-1” recém lançado, seu podcast “Customer Success by Lui” e do blog “lui-blog.com”, onde ele fala sobre Startups, Carreira e CS.

Temas abordados:

  • Trajetória de Lui como Customer Success
  • Tipos de capacitação que mais tiveram impacto em sua carreira
  • Principais desafios como CS por onde passou
  • Como as empresas veem o CS hoje
  • Seu livro recém lançado
  • Indicação de conteúdos sobre a área
  • Importância da mentoria

Indicações:

Participantes:

Lui Von Holleben – Líder de Customer Success na Birdie (Convidado)

Lui Von Holleben

Autor do Livro "Estruturando Customer Success" | Head de Customer Success na Convenia
5/5 10 10

Se você precisa melhorar a gestão dos clientes (quer maior retenção, recompra, expansão através dos clientes) ficarei feliz em mentorá-los. Mentoria focada em Customer Success e tudo o que tange Sucesso do Cliente, tais como: -Problemas ou possibilidades em retenção-expansão a partir da carteira de clientes -Estruturação de Customer Success (por onde começar?) -Processos dentro da Customer Success (Jornada do Cliente, Onboarding, Ongoing) -Liderança em Customer Success -Contratação e desenvolvimento de talentos em Customer Success -Como aplicar Customer Success e-ou Customer Experience para meu modelo de negócio -Analista de alta performance em Customer Success -Problemas de churn ou inatividade de clientes: como começar a resolver? -Dentre outros tópicos e assuntos especiais

Vagner Rocha – Talent Acquisition (Host)

Vagner Rocha

Netflix | Talent Acquisition / Orientação de Carreira / Gestão de Conflitos
5/5 16 5

Posso te ajudar a chegar mais longe e tornar sua jornada menos pesada. Afinal, acredito que possivelmente eu tenha enfrentado os mesmos desafios e ou situações e tenho vivencias para compartilhar e orientar sua carreira. Podemos trabalhar juntos alguns temas, tais como: Relacionamento interpessoal, Comunicação assertiva, Preparação para entrevistas de emprego, Gestão de conflitos, Gerenciamento de crises, Conversas difíceis, Short feedback, Orientação de Carreira, Melhoria de Performance, Revisão de CV / LinkedIn. Conte comigo!

Vinicius Silvestrini – CEO da eMentor (Host)

Vinicius Silvestrini

eMentor | Fundador e CEO
5/5 1 0

Posso te ajudar nos primeiros passos de uma Startup, na construção do seu MVP e na preparação para Captação de Recursos. Além de compartilhar todos os erros e aprendizados da minha jornada até aqui!

Escute nas plataformas de podcast:

Assista no nosso canal no YouTube:

Transcrição:

Fala pessoal tudo bem tô recebendo duas férias aqui hoje na eletrocast chamo Vinícius Silvestrini sou corroush aqui do mentor Cash e hoje trago uma novidade como corros comigo que é o Wagner Rocha e um convidado para Live especial que é o Ivan Holiday os dois são mentores aqui da nossa comunidade alimento ajudam diversos empreendedores diversos colaboradores ali a sa aperfeiçoarem né o luisésio vai ganhar de RH e vou pedir para o vai se apresentar um pouquinho para vocês que ele vai estar aqui com a gente às vezes né como cor roxa no nosso podcast nessa nova versão que a gente tá trazendo e o Wagner galera tem simplesmente 18 anos experiência dando o spoiler para vocês 18 anos experiência na área de RH bom tempinho aí né Wagner tem muita coisa para para compartilhar atualmente deve estar antes que existe na Netflix e ele vai contar um pouquinho aí da trajetória e se apresentar para vocês vamos ver isso aí obrigado bom eu sou o Wagner né Então trabalha aí como você diz 18 anos aí trabalhando em recurso humanos trabalhei um bom tempo aí em indústria né então trabalhei bem de consumo trabalhei com petróleo trabalhei em indústria de embalagem também né Sempre RH então Comecei a ler como Tiê depois fui Business Partner E aí agora desde 2021 tô trabalhando no segmento completamente diferente assim que eu tinha trabalhado até então né tô trabalhando com entretenimento né então na Netflix lá como talento xision sou responsável aí por em recrutamento das posições aí de cor que a gente chama né no México Argentina Colômbia e Brasil então vamos aqui boa Fantástico e a ideia é o Wagner ajudar a gente nessa nesse papo né conduzir nesse papo com a Fera que é o Louis tem uma trajetória incrível em CS além de tudo produz muito conteúdo depois o livro vai deixar ali o link do podcast dele do blog então produz um conteúdo de muito valor para comunidade Startup de negócios do Brasil e a ideia é trazer essa experiência do Wagner como RH para ajudar a gente a desbravar isso entender ali essa trajetória do Lui também ao longo da vida fui para a gente começar para você se apresentar aqui conta um pouquinho o cara da sua trajetória quem é o Lui como você tá hoje então dá um dá um overview para galera perfeito gente então muito prazer Vinícius e Wagner Obrigado pelo convite aí sempre uma honra estar participando de do que for né com a ementer a mentorias e que a gente mais aprende do que ensina Na verdade acho fantástica Toda Toda fazer parte dessa comunidade mas como vocês Bem falaram né hoje Eu trabalho na Buddy board é um software de Inteligência Artificial trabalho estruturando que as pessoas tem um blog lui-blog simples assim né Luiz galera brinca Luiz sem s então é fácil de achar é luz de traçolog.com tem um post sobre startups eu acredito que toda a ideia toda aprendizado que eu tenho eu traduzo ele em post para não perder ele assim que eu comecei o blog Sabe para não perder essa esse aprendizado de vista e acabou hoje tendo mais de 300 posts ali maioria deles pequenininhos né só para realmente três parágrafos tá essa ideia aqui e eu deixo publicado também tem um podcast de CS como vocês Bem falaram onde eu respondo perguntas da Galera sobre câncer então isso isso é muito massa também acho que como eu falei ensinar é aprender ao mesmo tempo então esses são os principais pontos e comecei recentemente uma News no Linkedin que tem o mesmo nome do meu podcast que é custer by low mesmo voltada também a alguns aprendizados específicos é o Linkedin chegou nos últimos dias e falou Pô você não quer tornar ele ser artigo uma Leocádia Eu só dei sim ali e deu deu certo foi então tem um ano slider aparentemente Então realmente acho que esses são os principais pontos atuais sou de Floripa né então Putz uma honra estar no lugar onde muitas startups começaram em tecnologia e consegui convergir a minha carreira né dentro dessa cidade com assim lugar onde minha família mora onde minha esposa mora com minha esposa onde eu cresci então é fantástico assim tá tá vivendo isso incrível cara você tem que passar ele por várias várias empresas de destaque já né No nacional internacional tem tudo dentro dessa área de CS né Como que começou o cara sua relação com a área assim com sucesso como que se deu isso como foi seu primeiro contato né com a profissão ali essa área cara show de bola na verdade em 2013 ou seja exatamente mais ou menos 10 anos atrás porque foi no final do ano nove anos e meio atrás hoje eu fiz um processo seletivo para a resultados digitais para RD Station hoje né E foi um fracasso completo porque cara eu tava terminando a faculdade de comunicação e etc eu falei Putz Floripa né Tem um verão e é legal para caramba tem praia tem tem amigos e etc e eu tenho a possibilidade de viver esse Último Verão né fazendo estágio que eu tô mais tranquilo e etc e cara não sabia o que que era um lead sabe que chegar num processo seletivo da RD e não saber explicar lide O que é lide né E outra coisa que foi pior ainda foi empatia em atendimentos que que empatia no atendimento eu não sei sei lá não nunca atendi ninguém tipo cara foi um processo muito ruim eu fui eliminado com muita justiça por parte da RD e falei putz acender algum negocinho aqui um ano e pouco depois eu tava em outro emprego também sempre trabalhando setor de comunicação no começo da carreira depois da faculdade e falei cara agora é hora né Eu leio esse blog da RD direto os caras têm a como é que vou dizer a aba inicial do Chrome aqui é RD o blog da RD eu estudei bastante para passar nesse processo seletivo cara então foi Putz foi foi assim que eu entrei em 2015 na RT eram dos primeiros times de CS do Brasil Então foi Fantástico sabe o que que não é ter playbook construído sabe tudo sendo construído do certo sentido viver esse tipo de coisa ali dentro então foi Fantástico eu caí de paraquedas nesse mundo de CS não sabia o que que é sucesso faria no dia a dia sinceramente e entrei na RD depois disso Claro tiveram outras outras empresas né Por exemplo estudei CS dentro da geek hunter um Marketplace que auxilia o RH desenvolvedores né então Putz Espera aí CS não era só para assinatura certo não era só para saz ferrou o que que a gente faz e a gente conseguiu adaptar o mundo né um misto de vendas com CS ali para conseguir fazer a empresa contratar o desenvolvedor eh gerando uma experiência legal gerando uma coisa bacana né Depois estruturei CS dentro da movidesc move 10 que aqui em Blumenau a galera Oktoberfest né então duas horas e meia de Floripa e tal trabalha na movie desce para estruturar também o time de CS a carreira internacional começou depois né E hoje então só para passar um geral aí sobre sobre essas empresas e tanto tanta coisa legal que aprendi logo dos anos o bacana e assim né foco né já que você falou daqui Hunter e puxar um pouquinho da sardinha pro meu lado aqui ao longo da sua jornada Quais os tipos de capacitações que você teve mais contato assim que você considera que tiver mais na sua carreira assim ótima questão Eu acho que eu lembro de assim de capacitação mais estruturada Sinceramente eu lembro da RD numa época que eles falaram o seguinte cara não existe One One não existe tipo uma gestão de liderança um pouco mais pensada né claro era lideranças eram ótimas tudo acontecia o time Bati a meta mas faltava a medida que a empresa cresce a gente tem que ir melhorando esses rituais de liderança e etc então eu lembro que tiveram treinamentos muito legais sobre isso acho que o principal aprendizado da época foi durante a vida inteira você recebe né então dos pais dos avós professores você recebe muita coisa a educação Eles pagam teu colégio você tem né as coisas apropriadas até o certo momento da vida e um momento da vida que você vira Líder ou tem uma responsabilidade a mais ela começa a pagar boleto seja o que for você também doa você dá também para os outros né e sai não sei né que aquele famoso autor do Golden surf que a galera conhece tanto né Ele fala muito sobre a questão do líder se servir por último né o líder esse serve por último em vez de ser o primeiro né na infância na adolescência na vida inteira na faculdade até às vezes a gente é mais reativo para as coisas né a gente era o primeiro a se servir tava comida quentinha lá quando você lida e você passa a ir para o último da fila e fala cara é doação né ao longo do caminho então eu lembro de terem alguns treinamentos capacitações voltados a esse esses pontos no caminho foi animal porque daí quando eu virei Líder mesmo de contratar o time etc acho que o primeiro foi na própria eu já tava munido Eu costumo até brincar sem escrever Putz quase ninguém tem um ano para se preparar para ser líder né às vezes é de paraquedas às vezes um líder saiu tu vai promovido ou tu é contratado em outro cara meu Deus deixa eu ler sobre assunto eu tive uns nove meses aprendendo sobre isso na RD antes de ir para Gui que então foi Fantástico ter essa da preparação eu sentia que eu tava com mais vontade de fazer a coisa né Eu acho que o outro ponto acho que também foram na questão de um de uma consultoria de vendas que a gente teve também na própria época da BRD e isso me me guiou a ponto de falar sobre playbook velho falar de padronização se a gente quer construir uma máquina de cães super sucesso uma máquina de vendas é uma máquina escalável para Startup para isso que o Up seja o que for a gente precisa de padronização e uma consultoria específica que teve treinamentos a gente botou muita mão na massa em playbook também Ela ajudou a gente a ter esses guias padronizados pro time ir crescendo ao longo do caminho e isso eu levei para minha vida né Putz as telas investimentos tem até um podcast né as tela playbook o nome Porque pô os caras para criar essa máquina tu é obrigado a padronizar coisas né até eu não gosto não sei nem opinião do Wagner sobre isso mas quando empresas botam aquela diabo desse cription aqui não tem rotina cara se não tem rotina é uma bagunça velho tem que ter tem que ter rotina tem que ter dia a dia tem que ter padronização sim sabe e eu aprendi muito isso até um líder da época ele deu uma palestra uma certa vez que eu nunca esqueço que era caia na rotina em vendas do tipo assim sim rotina É bom sim padroniza vai dar certo etapas de vendas e com as persuais é a mesma é a mesma questão Então acho que esses aprendizados foram muito legais isso que você coloca assim é bem interessante porque o Abílio Diniz ele fala isso né gente empresa indústria são duas coisas pessoas e processos Se as pessoas não tão bem o processo não tá se o processo tá bem as pessoas não então assim são duas coisas né ou pessoas ou processo né que move né exatamente cara e isso faz total sentido até frustrava alguns pontos assim né de tipo mas falaram que aqui ele Startup te é sinuca tinha ping pong mas como assim não mas vendas sou vendedora eu vendo com a minha arte eu sou que as pessoas que eu tenho a arte de fazer isso a seguir processo [ __ ] quem sou eu e às vezes a pessoa vai carregando esses vícios ou não se adapta né A questão nova e Putz né então eu acho que foi Fantástico aprender a importância disso pensar pode presa tá pagando uma galera aqui para para trazer esse conceito de playbookização de padronização né De tanto processo ao longo do caminho o Ben How it é um dos meus livros preferidos de negócios o lado difícil das situações difíceis eu sempre sito né já li quatro vezes esse livro ele fala que quando a empresa é pequena às vezes não tem tanta dificuldade de processos de comunicação etc pois estamos numa pequena empresa de quatro pessoas eu não vou criar Playboy que é rodo não quatro pessoas vira que a empresa cresce a comunicação se torna o principal problema e Aí surge esse ponto né a gente conseguir ter essa essa padronização é eu não sei assim até como é que vocês estão vocês estão assim perguntando para o Vinícius Wagner em trabalho presencial híbrido remoto hoje em dia até para dar o meu próximo Pitaco sobre capacitação aqui a gente está aí Brasil também show cara eu tô no remoto faz antes foi antes da pandemia faz uns quatro anos hoje então tem um Coworking ali para eu não ficar louco da minha cabeça tem um corpo em que eu Putz voa quatro anos Impact Hub aqui em Florianópolis para espairecer e etc para ter um dia mais mais comum assim para me vestir para ir trabalhar etc e eu costumo pensar assim que nessa época anterior do começo da minha carreira eu tinha muito almoço com mentores eu conseguia ter almoço pô Florianópolis galera [ __ ] a Kátia Associação de tecnologia tal Startup putz tem um amigo em comum Vamos conectar era muito comum esses almoços e cara o remoto depois a pandemia obviamente pluralizou Isso acabou com esse tipo de coisa não é tão comum mais pelo menos para o meu mundo assim e até aí mentor vem exatamente nesse sentido né para conectar nessa maneira dessa maneira remota as pessoas então uma forma de capacitação eu tenho várias desses almoços anotados em Google doc até hoje o tema era liderança na maioria das vezes sinceramente sabe essa parte de soft Skills de lidar com pessoas de demissão de contratação de treinamentos então era uma forma muito boa que hoje é suprida por calls né e gente só para acabar essa resposta livros sinceramente livros Putz não existe para mim maneira também mais interessante da gente tá antes de dormir fazer uma leitura Kindle Eu amo eu boto muito frases de livro do meu blog ali a gente só copia né do Kindle Spot cola lá acho que é fantástico e além desse livro que eu falei um que esses dias eu tô relendo até inclusive agora esses dias eu pensei cara esse livro é divisor de águas ou ferramenta de Titãs do time Service Putz eu acho Fantástico cara simplesmente entrevistou-se ela 300 pessoas no podcast e resolveu falar o seguinte cara vou fazer um livro pegando as melhores entrevistas não qualquer uma as melhores e os melhores momentos das melhores entrevistas então tipo assim vamos lá fez entrevista com pessoas fantásticas tá ali Surf beleza teve duas horas de entrevista ele pegou 15 minutos ali das melhores perguntas e respostas e botou no livro cara tu lê três páginas tu fica né com a cabeça fritando assim então é um livro grande físico Vale a pena comprar No Kindle é fantástico ferramentas distantes é uma das formas de capacitação eternas que a gente tem e é interessante você falar dos livros né porque é assim sou mentor também né e uma das coisas que eu falo né para os meus mentorados é isso assim às vezes você vai ter mentores diretos por exemplo quem faz mentoria com você faz comigo né E os seus mentores indiretos né que são os autores dos livros né então você vai pode ter vários mentores você não vai conhecê-los né Mas você vai saber muito e aquele profissional vai te ajudar bastante por exemplo um exemplo que eu sempre falo para eles é de John Maxwell de liderança John Max É o guru da liderança né nos Estados Unidos e assim sou apaixonada pelos livros dele e assim ele é meu mentor sabe ele me ajuda por muitos anos desde quando eu comecei a RH com os livros dele então achei bem interessante livros né Então tenha mentores né que são escritores e livros também cara perfeito perfeito tava já na minha na minha lista vai subir mais para o topo agora para com certeza depois da recomendação do cara para complementar também até o que o Wagner falou um nexo é o cinco níveis de liderança Wagner deu o dia que eu ouvi a teoria foi no YouTube mesmo não foi nem um livro na época Os cinco níveis de liderança Foi o que eu falei Ah tá agora entendi tudo eu gosto bastante do Livro de Ouro da liderança aquele também é um livro Fantástico John Max é demais Simon maxwelling que são meu trio de liderança que eles estão falando para quem está vendo aqui na tela mas para quem não está vendo eu vou explicar cara tem um quadrinho aqui de alguns caras acho que ele não pega mais voz representa para mim muito essa questão da Apple desse começo de Startup como uma band né Startup de garagem e etc aquela época de começo eu olho isso me inspiro Navarro cante que também tem livros fantásticos aí acho que os homens não pega tanto e Martin Luther King por tudo que representa e pela lembrança que a gente tem que ter das coisas de fazer coisas certa né falava né então isso tudo que a gente tem que representar então autores mentores que estão aqui num quadro para me inspirar no dia a dia não conheci nenhum infelizmente Mas dois já foram dois ainda estão com a gente aqui mas são eternos por esses ensinamentos Oi Fantástico legal ali essa essa ter nessa representatividade da imagem como você trouxe e esse ponto que o Wagner trouxe três mentores que muitas vezes você não tá ali no dia a dia com eles mas que eles são uma inspiração são uma forma de você se espelhar né e aplicar isso no dia a dia isso é muito poderoso e essa troca mais ainda né E é isso que a gente quer levar com alimento você comentou sobre usar almoços né que você tinha e como como mentorias Inclusive a gente tem vários mentores que relatam exatamente isso né e antes da imento eles iam principalmente da pandemia né tinha muito essa troca ali em almoço a galera chamava para almoçar e até muito metores ela estava em sua cara eu ajudava eu conseguia passar uma visão um almoço mas é totalmente diferente de quando eu tô sentado aqui com uma pessoa de forma profissional com uma agenda setada né no meu dia a dia é Onde eu consigo de fato me entregar melhor para aquilo eu consigo disponibilizar um tempo maior e no almoço você está com reunião em cima tem alguns outros pontos então é legal ver isso na prática esse relato do que alguns mentores traziam para gente você ter vivido isso na prática ali como uma forma de capacitação tenho ali Lui parte da minha próxima pergunta é meio que já respondeu ali né trazendo falando de como vocês resolveram esse desafio do crescimento acelerado na RD né com através de play-dohs até pegando essa escola que a tela trouxe a tela que é uma dos investidores do RD mas cara como que foi esse processo assim né porque eu imagino que deve ser uma maluquice um dia acorda tem mais 100 pessoas da empresa faturamento crescendo a nível bizarro então um ponto né com certeza os dois como que foi ter essa experiência ali de viver um crescimento tão acelerado Como foi o conhecimento da rede cara ótima questão acho que foi uma época muito boa a gente tem até uma brincadeira a PayPal mapf né surgiu depois os fundadores da pipoca fundaram outras empresas tipo Red Hoffmann no Linkedin etc a gente tem uma brincadeira com isso chama RD Mafia que é um grupo dessa época dessa galera que estava nessa época a gente até vai se reunir por coincidência depois de amanhã aqui o povo que está em Floripa né mas é muito massa ver Putz teve vivido isso com aquela galera em geral um duas coisas mais interessantes assim que eu lembro é que o nosso CS lá era um pouco mais genérico o que que é um teste genérico Putz eu faço eu sou CSU Lui aqui beleza tem uma carteira de clientes estou fazendo onboard de uns tô fazendo suporte de outros respondendo os tickets estou fazendo um gol em um longo prazo com alguns tem cliente que tem um ano de casa comigo também além do cara tá um dia tem um cara que tá um ano que tá comigo também risco de terno ou seja Opa fumaça preta aqui no ar tipo tá queimando alguma coisa aqui na cozinha risco de o pedido o cara falou eu quero cancelar oficialmente tudo isso era para só uma pessoa era o CS genérico que na nossa cabeça era pouco cliente gosta de ser atendido pelo mesmo né E aí cara não tava batendo assim as contas não estavam batendo naquela época naquele longínqua no ano de 2015 eu nunca esqueço que a gente trocou assim no evento no auditório lá da incubadora que a gente tava no Celta aqui em Floripa é agora vamos ter se essas específicos né onboarding é uma coisa um gol em alguma coisa suporte é uma coisa Charlie Talvez seja interessado de uma maneira mais especial e etc etc Então cara foi uma uma mudança completa né e eu lembro que surgiu também nessa época cara quem que vai ser quem que vocês têm que conversar no ano com o líder eles para entender quem que você quer ser você quer ser a pessoa de John boarding você quer me grava suporte você quer ser de um golem no longo prazo seu csm dele o gerente de conta mesmo o que que você vai ser e acho que isso foi o primeiro baque assim de Startup que eu tive da questão das ondas que eu falo tanto assim então Putz até esse momento vinha uma onda para a gente surfar né a gente olhava para uma onda não é tão grande aqui vou ter uma perco o outro e tal na terceira eu vou lá consigo surfar fazer manobras e passar tantos meses numa Startup né às vezes numa empresa mais tradicional são anos mas em Startup os três quatro meses às vezes Estou na mesma onda finalizei a onda show de bola Putz bati minhas metas que legal colaborei com um time minha cultura é bacana tem a ver com o lado do time show de bola Aí chega uma outra onda quando eu vou Remar maior né ou diferente Ou por outro lado de repente muitas vezes né E aí a gente tem que essa adaptabilidade aprender a surfar essa nova onda específica do momento eu acho que aí que mora nessa falta de adaptabilidade aí que mora muitos profissionais que vão ficando pelo caminho eles não percebem ou não querem perceber que é uma nova onda vindo por trás para eles conseguirem pegar onda isso falem também Então esse foi um grande exemplo assim sabe de uma mudança enorme que eu falei cara do nada eu vou virar CS John Born só vou fazer as três primeiras calls dos clientes lá sabe foi uma coisa muito louca mas acho que ensinou todo mundo que viveu isso esse bate né de job absurdo assim Acho que foi o maior que eu tive de mudança sabe e foi um sucesso depois do fim das contas né o case dissesse da RD foi muito baseado nesse especificação de job em si então acredito muito nisso cara o poder da mentoria né poder da enter também no meio disso de conseguir fazer a pessoa surfar melhor a onda do momento a onda que às vezes não não esperava é cair de paraquedas numa área quantas vezes na imentor né Eu já conversei com mentorados e falaram cara caiu uma área no meu no meu guarda-chuva é CS que que é isso Às vezes tem né muitas coisas assim é muito bacana ser uma das primeiras caras falando sobre o CS para os mentorados ali é muito legal sem dúvida e cara assim a gente vive são dois momentos muito distintos pelo menos da minha visão né você como especialista vai poder falar melhor é 2015 como você falou nesse começo da RD ali estruturando essa área de CS eram acredito que o mercado em si tinha uma maturidade um nível de maturidade sobre o assunto e hoje você na board estruturando isso ali na área como líder de CS Quais são os diferentes né principais diferenças que você vê daquele cenário daquele ambiente como o mercado olhava para a importância do CS apesar de você estar numa empresa que valorizava isso né mas o mercado ensina o TIM ainda tanto essa visão e hoje depois de vários cases né que a gente tem como nubank que é um dos grandes diferenciais ano bem que essa essa forma de atender o cliente a forma de pensar o cliente as atos né que teve até o livro que foi lançado Com base no Case deles então depois disso tiveram muita coisa acontecendo entrando numa stream de fato aqui no Brasil né E hoje essa mentalidade é diferente como é que você vê esses dois momentos ali ótima questão eu acredito que o CS a gente vai visitar essa questão de Putz como é que como é que começou essa coisa toda né lá nos anos 90 existe uma empresa chamada ventre e eu não sei se vocês já viram vocês devem ter visto que na internet tem um site web arcaive que você consegue ver qual era a cara do site sei lá nos anos 90 Cara isso é muito massa é uma viagem ao tempo Fantástico que você consegue fazer e eu fui ver o site da venda agora dias atrás eu falei cara eles fazem um CS deixa eu ver o site deles em 98 e realmente os caras começaram a falar cara essa coisa de de atendimento putz reativo você só suporte e tal não tá com nada não sei o quê os caras começaram a falar disso o primeiro Case foi em 2005 quando a ventre já tinha sido vendida para horror faz Faria há anos e tal ela foi fundada em 90 em 2005 gays irá sair os fortes falando cara tem turn para caramba estamos tendo cancelamento pra caramba no nosso modelo de SAS na nuvem que é e precisamos né estruturar esse pós-venda não é possível que o após venda que a gente tenha seja tipo posso ajudar se quiser vai se não quiser vai com Deus então tem que ser uma coisa mais estratégica mais proativa diferente Aí surge CS 2005 RD quando a gente falou lá na entrevista que eu rodei 2013 né os aninhos depois então no Brasil eu acredito que CS tenha entrado mais ou menos por 2012 13 rock content RD conta Azul umas que eu lembro assim de cabeça Posso estar sendo injusto com algumas delas outras aí que eu esqueci mas ela começa mais ou menos nessa nessa época cara nessa época a gente tinha umas máximas de CS por exemplo CS é só para sasub to be porque porque os Force era beleza tipo a gente aceitava muito ponto assim quando eu fui para geek inclusive não tinha nenhum material sobre Market Place nenhuma material do que que seria um pós-venda ou Seria tipo uma uma espécie de ciex barravendas para o marketing não existia simplesmente no mercado sabe então a gente tinha essas restrições CS é o que está nessa caixa e não é mais nada pô tinha muita muita lacração assim em CS eu posso dizer e isso atrapalhava um pouco a continuidade das coisas hoje a gente tem um que as pessoas plural a gente tem ferramentas de CS que tem cases em diversos modelos de negócio a gente tem se x bombando em bitiu si bombando em Marketplace também e porque não impede o be para quem vai ver a jornada como um todo por exemplo cara temos obras temos livros temos podcast não só o meu Claro mas outros podcast Fantástico sobre cliente em si e cara é outra coisa né simplesmente é outra coisa nesses oito anos que se passaram a gente tem mais abertura A diferentes cases e muita gente boa trabalhando também e obviamente muito csm né se tu bota no Linkedin agora a gente vai achar gente para caramba rodo né querendo mais conhecimento sobre CS e é isso então acho que esse é o ponto quando a galera costuma falar ou não é só as bitrubi mesmo eu costumo pensar [ __ ] que nem vendas a gente fala que vendas não pode ser em site de seios vendas tem que bater na porta e vender enciclopédia [ __ ] Como assim CS tá numa caixa não pode ser então eu acho que essa é a principal mudança a abertura a outros cases eu tava lendo um pouquinho da sinopse aí do seu livro né Principalmente do ano o ano né que que a galera que tá ouvindo aí assistindo a gente aí fala um pouquinho o que que é o anão show de bola acho que esse livro surgiu né Eu queria muito publicar um livro eu falei Putz Qual é a dificuldade de publicar um livro eu comecei a pesquisar e etc eu falei cara tenho quatro postos do blog no meu blog são muito acessados sobre o ano A galera gosta tipo é um assunto que tá putz tem volume ali no blog eu pensei cara que tal juntar essas ideias de que tem a ver né liderança de cs e também se beneficia muito de One One csmz também eu falei cara vou juntar esses mundos escrever um livro simples né direto ao ponto um playbook para One One então é uma reunião entre duas pessoas é pode ser entre dois pares entre pessoas de diferentes áreas mas até no livro eu acostumei a focar em líder e liderado mesmo porque normalmente é o que a galera mais mais precisa né então a reunião estruturada agora não é cafezinho aleatório encontrei a pessoa no corredor e falei de cinco minutos com ela e isso é um ano mano pô Não é para dar check list né para chegar pro Wagner é do RH e Fala Wagner fiz um ano não é checklist pô é um momento muito mais legal estruturado né que realmente não é só para mostrar para o setor e que o físico que eu não fiz contra liderança mas é um negócio legal a estruturação do ano se dá é preparando né sobre o que que vai ser esse ano mano que perguntas eu vou fazer para o meu liderado e o liderado também levar quais pontos eu quero conferir com meu líder Quero pedir ajuda no projeto quero conversa sobre um ponto específico alguma coisa de time vamos conversar sobre feedback um pelo outro carreira Tem tantas coisas legais né é um bacana Aí você tocou no ponto interessante esse do feedback né também né porque às vezes por exemplo tem um livro não sei se você já leram você leu chama o Gerente Minuto né esse livro é um livro clássico ele é antigo da década de 80 mas é um clássico de liderança E ele fala lá nesse livro três coisas básica né elogios minutos então se a pessoa fez a coisa certa elogia naquele momento repreensão minuto se a pessoa errou corrige ela na hora não deixa para falar depois e terceiro né Tem objetivos Claros né então eu gosto desse livro bastante porque é um livro simples antes da década de 80 só que traz muito conteúdo para gente nos dias atuais minha pergunta é assim que dicas você daria para o anão mais assertivo assim né direto ao ponto cara legal eu acho que começando a partir do primeiro ponto é tornar eles recorrentes assim sabe a galera sempre pergunta de frequência também etc que frequência cara se a pessoa é novata ela vai precisar de mais acompanhamento por si só vendo Roberts também fala para a gente e vou ir lá e contratei o vip de vendas de vendas era tão bom tão bom que eu nem apresentei ele para outros líderes presumir que ele era muito Espera aí pode ser VIP pode ser se ou contratado como pode ser um analista Júnior um estagiário não importa né a posição a gente tem que embora em português um bordo de novas funcionários ele vira Integração eu gosto dessa palavra integrar a pessoa ali no meio para falar pô às vezes ela é mais refletiva às vezes é um red de vendas mas não vai puxar papo às vezes sei lá não sei qual é a cultura Quais são as regras aqui do jogo acabei de entrar na empresa Então a gente tem que fazer isso acontecer e um dos pontos principais para manter essa essa proximidade esse alinhamento é one então para as pessoas novatas de repente uma frequência menor tem um anos mais recorrentes faz muito sentido para estar tudo alinhado nesse início né Putz tá batendo meta tá certo tudo certo espaço um pouco mais até Pergunta para ele dar quanto em quanto tempo semanal quinzenal mensal O que que você acha dos nossos onomanos agora neste momento né ou às vezes a gente tá até pra gente brinca Putz Às vezes o projeto que eles estão tocando é muito importante e precisa de um elemento alinhamento maior abaixa a frequência de novo torna coisa semanal quinzenal novamente né então acho que depende do momento da empresa Os projetos que essa pessoa tá trocando é para esse alinhamento acontecer então eu acredito que tornar ele recorrente deixar na agenda deixa marcado na agenda porque se não deixar Putz esqueci Caraca faz um mês e meio que a gente não faz o ano não é e o negócio ele já já é esquecido de novo né ao longo do caminho acho que esse é o principal ponto Inicial Depois do primeiro a hora de São alinhados né os O que que a gente vai tratar o que que você tem que levar o que que é meu dever como ele não o que que é seu dever como liderado de repente uma coisa parece boba mas faz muito sentido pelo menos mantém um documento incomum entre os dois para botar os pontos que a gente discutiu esse esse esse ponto de belaria é esse Obrigado por aquele feedback Já anotei aqui Putz vou olhar muito para isso nas próximas duas semanas por exemplo né e as tarefinhas de você liderados são essas duas pra mim ele ficou essa daqui combinado tá aqui no Doc tá aqui o nosso Dock compartilhado visite este doc né até o próximo ano mano cara são coisas simples e rituais de wanna One que são muito interessantes e o terceiro ponto é costume brincar assim quando eu comecei a liberar ele começa a liderar líderes na época da movidess que era uma coisa muito nova para mim não liderava não era ser coordenadora era ser tipo gerente Red ter líderes embaixo de mim eu lembro que eu ficava com vergonha de estruturar o ano o ano e levar num caderno no notebook no celular as anotações as perguntas que eu levaria eu queria fazer Líder bom tem que fazer no freestyle né eles têm que ver que eu tô forte tem tudo na cachola sou um gênio aqui da parada e às vezes eu esquecia uma pergunta crucial Cara aquela Pergunta assim ó importantíssima ou visitar aquele ponto e perguntar pô como é que tá o projeto enfim alguma coisa mais técnica mesmo esqueci e passava o negócio então daí eu comecei a pegar as perguntas até botei no livro né reunião lá é 101 perguntas para o nono ano perguntas que liderada pode fazer também para o povo levar para os romanos sem medo de ser feliz e não fazer a coisa no freestyle senão muita coisa se perde ao longo do caminho então acho que seria esses pontos né manter a recorrência deixar frequente já deixar marcado estruturar as perguntas e pontos específicas aí ao novo caminho e por último evitar cancelar cancelamento de um nono ano para liderado é uma coisa assim ó eu passo a não importar tanto meu líder cancelou e nunca mais marcou saibam cena que voltando ao velho bom Saimon ele tem além do Golden certo ele tem outro círculo que é o de segurança então ele fala que tem um círculo de segurança Onde liderados estão dentro como eles podem sair facilmente e para o círculo de insegurança de perigo que ele chama no ciclo de perigo tem paranoia Será que você é demitido Será que não sei o quê ele não me deu como Wagner falou né Putz ele não me deu aquele feedback sobre aquele ponto Será que eu fiz mal Será que eu fiz bem será que não sei o quê e a paranoia vai na cabeça borbourinha fofoca quando tá no círculo de segurança a pessoa fala eu tô alinhada eu tô com feedback recorrente e a coisa tá rodando eu li o livro esses tempos que foi zikaname tipo economia da geração z e come Valeu muito a pena e a gurizada que tá vindo aí nascido depois de 96 97 essa gurizada que já tá já são profissionais já estão no mercado de trabalho é uma gurizada que é acostumada a feedback mais recorrente se eles entra numa empresa que o ano One né Putz o pessoal do RH mandou ter o feedback lá eu não eu sou um gestor mas não gosto muito de idioma Então faça a gente faz uma vez por ano né Eu costumo pular tá meus hidrato também não gosto agonizada vai falar cara eu vou para um lugar onde eu tenho mas alinhamento onde eu tenho feedback eu até onde eu tenho a mais clareza não vou sofrer aqui sozinho então é a chance de muitos líderes se reinventarem se abrindo para o ano lá é interessantíssimo nessa questão que você coloca né da frequência do tempo como fazer como ser assertivo e tal e assim né Por incrível que pareça né Assim faço um mentorei também líderes né E aí eles têm muitas questões né que eles trazem de equipe e tal e aí assim a pergunta básica mas seus liderados sabem disso Você já falou com eles disso sabe então é muito recorrente né as pessoas que não dão feedback e que não recebem feedback também sabe aí a pessoa fica ali meio você falou né da margem para imaginação dela porque tem aquele formal que é uma vez por ano e depois eles não se falam mais né então se recorrentemente eu atendo né mentorei pessoas assim que não recebem e não dão feedback né então assim e aí tem aquela máxima né então eu pressuponho que ele tá entendendo que eu tô querendo e ele e o outra parte por sua vez você eu não entendi bem o que que ele quer sabe fica nisso E aí tem um livro que ele chama conversas difíceis né como falar do como falar do mais importante algo assim né parafraseando Eu como entender o que é mais importante algo assim que ele fala e na conversa difícil ele cita isso né ele dá um exemplo por exemplo você tá incomodado com o seu vizinho porque toda vez que ele corta a grama voa para o seu quintal E aí você fica incomodado com aquela situação só que você nunca fala para o seu vizinho que tá te incomodando a grama que tá voando do quintal dele para cá E aí no livro ele fala aí se você não falar para o seu vizinho para ele não vai fazer diferença nenhuma porque tá fazendo para ele então ele tá achando que tá certo então no mundo ambiente corporativo eu sinto falta disso né Então as pessoas não falam e aí pressupõe que o outro entendeu sabe sim Total faz total sentido a história do casal ali que é por anos e anos e anos a esposa pegava aquele pão e pegava aquela aquela partezinha do pão ali de cima na casca dava a casca do pão para o marido né e ele passou beleza anos se passam e aos 70 anos o marido fala cara porque eu odeio casca de pão porque tu continua dando esse negócio para mim mas tu nunca me falou sabe Exatamente esse ponto desse livro do confesso difícil ela fala exatamente teve liderado que ela demitiu certo uma brincadeirinha alguma coisa assim que não era não era nada anticultura então até durou mais tempo uma brincadeirinha ai brincadeira chatinha mesmo né E a galera toda Pô não aguento mais cara não aguento mais esse cara aí ela foi demitir e o cara perguntou por que tu não me falou antes né ela faz um ted Talk sobre isso tipo é fantástico Mas é isso te inferno também fala no ferramentas de Titãs mesmo alguma das frases não lembro se é dele ou não mas é o sucesso de uma pessoa é medido pela número de conversas difíceis que ela se propõe a ter Acho que são os momentos chave da nossa vida assim né momentos de escolhas momentos de fala pô Não não para isso sim para aquilo Acho que são são esses momentos então é muito legal e o livro surgiu exatamente por esse ponto realmente né para ter um playbook para o povo começar a se inspirar não trazer um Framework complexo né 20 pontos para você preparar a hora Putz A pessoa vai fazer meu Deus eu não tenho tempo para isso né mas sim Ponto simples pergunta simples vai faz é uma conversa olha no olho né Curte esse momento que o seu liderar e traga ele para perto É e tem uma coisa que assim né isso na Netflix é bastante praticado lá né que é o feedback 360 né então você dá feedback o seu superior você é feedback superior você dá feedback para os seus pares e e às vezes né os liderados tem essa dificuldade de dar o feedback superior porque aquilo vai fazer ele melhorar também exemplo que a gente tá falando de comunicação ele recebe feedback Nossa chefe eu não sabia que você queria isso você nunca tinha me falado então das próximas pode chegar e nem falar então às vezes é uma ferramenta que retro alimenta ele também né Não só ele dando feedback mas também o liderado dele dando feedback da cultura da Netflix a regra não tem regras Essa questão aí a autora Ela Bate bastante principalmente essa questão do feedback reverso né que é um tabu mesmo acho que poucas empresas eu conheço no mundo que fazem esse tipo de de incentivo muito isso a Netflix é um outro exemplo para esse caso é legal Luis você tem um posto no blog ali né você falou que até originou o livro que é 101 perguntas para One One cara elenca pra gente três perguntas e vamos já dar início ao nosso bate-bola ali de perguntas rápidas aqui para a gente fechando o episódio que foi Fantástico tá sendo incrível mas fala ali pra gente três principais perguntas que não podem faltar que você tá já nem precisa mais anotar ali no seu caderno de anotações que a gente já tá decorar cara perfeito acredito que assim para liderado Não negaria exatamente perguntas específicas mas clareza nesses projetos Às vezes o líder tá vendo Sei lá o líder tá no elevador da empresa o líder tá vendo do vigésimo andar ele tem mais visão Ele tá em reuniões de liderança ele falou com seio ele sabe das coisas então para o liderada aproveitar voltar pô como é que estão as coisas Líder aquele projeto que vocês consideram que tá indo bem é tipo eu tô colaborando positivamente ter essa clareza do que tá acontecendo em cima digamos assim nessa hierarquia de empresa liderado e para o líder perguntar para o liderar Acho que são duas na verdade que eu acho fenomenais que são existe algo que não esteja Claro no seu trabalho no dia a dia e etc às vezes é uma coisa assim eu não consigo logar naquela ferramenta enfim ou às vezes é um negócio mais profundo Cara não sei se eu e Aquela colega que eu tenho ali a gente tá fazendo a mesma função e se tá meio confuso no projeto que sabe clareia um pouco mais a nossa vida e o outro ponto é eu como líder estaria te travando tem alguma coisa que eu posso te ajudar que está te travando no momento para fazer isso acontecer eu acredito que esses essas duas elas já possam trazer bastante coisa Às vezes a resposta cara é tudo Clara tá tudo alinhado e cara não tem nada travando nada que você poderia me ajudar tá show de bola que legal e às vezes aproveita outros pontos se falar para se explorar e etc ao longo do caminho né mas é bem bacana aquilo é um artigo do Jason e Vanish um cara de produto que eu traduzi em linguagem livre assim e dei uma adaptada em alguns dos pontos ali também créditos todos para o Blog do Jason que você citou Eu costumo usar tipo tem alguma coisa no seu caminho que eu como líder acho que nosso papel como líder é esse né tirar as pedras do caminho tentar ao máximo Minimizar essas dificuldades que o liderado tá tendo ali para avançar para conseguir entregar aquele projeto Então essa eu uso bastante a outra vai ser vai passar a ser utilizada agora Bom vamos lá vamos fazer o nosso bate-bola final aqui pra gente fechar esse episódio incrível perguntas rápidas aqui a galera que já acompanha já sabendo que funciona mas a gente vai basicamente perguntar uma fazer uma pergunta rápida você dá uma resposta rápida a gente vai tocando pra gente fechar cara um livro que audiência não tá ouvindo aqui deveria ler além desse um que seja assim ou o livro ótimo Ponto Além do menor esse povo mais de negócios acho que meu livro preferido é o walden a vida nos bosques de hannahy David toro é o meu livro preferido eu peguei a referência porque Putz são dos meus filhos referidos é Sociedade dos Poetas Mortos outro dos filmes preferidos é into the wild na Natureza Selvagem e ambos citam withman putz tem coisas em comum tem um Playboy que tem uma padronização nesses filmes que eu gosto e eles citam esse livro e eu fui ler a primeira vez há uns 10 anos então fala sobre Harry David troll que está ali na Capital tá na loucura tá no dia a dia e vai viver a vida nos bosques e relatar como é que é sair do mundo para ir lá para os bosques e viver aquilo Viver a Vida em si Sugar tudo que a vida tem para dar para ele então é muito inspirador walden a vida nos postos de truck fantástico vai ficar notado aqui próxima pergunta Lui tem algum hack que você tá usando hoje produtividade que você pode recomendar cara ótima questão o Ryan que era o personagem do The Office que é também produtores esqueci o nome ele fala cara eu sou um rato da madrugada Cara essa coisa de Five n Club [ __ ] eu sou o cara da madruga aqui é fácil os roteiros tem ideia de Madruga sei lá às vezes acorda 11 horas então eu acho que cada um é cada um com essa com essa questão eu sou um cara que não acordo tão cedo por exemplo eu tenho meus meus negócios meu cérebro à noite ainda tá funcionando muito daí tem a leitura para complementar mas gente hack de produtividade falando de uma pessoa que na pandemia teve alguns problemas de saúde e etc e enfim especialmente de rim né específicos é saúde é sei lá eu gosto de correr sair para correr Ah minha cabeça tá cheia vou deitar um pouco já vai correr vai fazer tua academia vai fazer outra coisa Aproveita que pode né porque é o melhor regra de produtividade que você pode dar para si mesmo para o dia seguinte por exemplo entendeu então acho que esse é o principal ponto se eu fico sem correr ou sem fazer exercícios por uma semana por duas a coisa Vai acumulando sabe a tua cabeça tá um terror pelo menos a minha tá um terror Depois da terceira semana e etc eu sou menos produtivo e etc e tal então eu tenho uma planilha é uma planilha eu tentei usar Apple watch não deu certo achei muita coisa eu achei muito muito informação a mais eu quero a menos na verdade né e eu tava eu tenho uma planilha que dá a pontuação por quilômetros corridos por dia por semana e a academia que eu tenho que bater né Essa essa metinha ali da planilha ridiculamente simples mas funciona eu já me dois [ __ ] [ __ ] eu só fiz três pontos sei lá essa semana por exemplo [ __ ] anterior eu fiz 10 a outra quinze pera aí né então eu me baseio por esta planilha a velha com saúde para mim isso é a produtividade da vida o fantástico trificou o processo e conseguiu criar essa esse hábito né sim Oi um podcast que você indica para galera além do seu né além do seu elementor question algum outro podcast que você indica Deixa eu pensar cara eu acredito que as telas seja um podcast que eu acho Fantástico a gente pegou as telas Conseguiu traduzir se preocupar como fundo né e assim como alimento tá se preocupando pô aí mentor as telas poderiam falar cara podcast velho meu Deus que que eu vou me preocupar Mas tipo é uma preocupação a mais para falar a gente tá doando como eu falei no começo né Não só recebendo mas doando para o mundo esse conhecimento que a gente tem então acho fantástico o podcast já acabou tomara que tenha uma nova temporada né mas é fantástico essa tela para qualquer empreendedor aí inspiradora é animal com fauners inclusive com histórias que não deram certo não é só o conto de fadas e sapateiro mas também algumas alguns casos né de coisas que não é o lado difícil da situação difícil pô não saía como esperado Então esse Eu recomendo as tela com dois ls boa também endossa e a recomendação tem muita coisa boa lá já Já construiu bastante também Lu e qual o melhor elogio que você já recebeu e aí no âmbito profissional pode ser até um case de uma want One que você teve com algum Líder Qual o melhor elogio que cara um que eu lembro bastante foi do nosso querido CEO da moverest que foi marcante uma coisa mais simples do mundo foi cara a área de vocês é uma das mais organizadas da empresa acho que é mais organizado nunca esqueça isso porque toda semana Olha que a gente falou a medida que a empresa cresce comunicação é o principal desafio toda semana morava um report né ninguém falou para fazer mas tipo uma nova repórter significado lideranças e conseguir com esse report eu adoro reports assim especialmente no início de startups na fase de etc um pouco depois mas trazer esses reports antes de ter um dashboard completo para conseguir trazer a clareza né pra galera do que tá acontecendo e quando você constrói o report você também aprende você também tá botando aqueles números ali ao longo do caminho então acho que esse esse feedback de organização foi foi bacana foi uma coisa que eu não que eu não esqueci ao longo da jornada boa é você falou ele de alguns filmes falou de já falou de livro indica uma série cara para mostrar audiência uma série que faz sentido que você cara eu vou indicar uma série que vocês não vão achar por isso que vai ficar duas existe uma série muito antiga que gostava no Multishow TV Cultura né chamada The Wonder Years anos incríveis é fantástica família melhor série vocês podem achar trechos dela no YouTube etc mas beleza essa não dá para achar trilha sonora é muito nem tradicional artista muito bom e aí teve briga de direitos autorais essa série no Brasil nunca mais passou não nenhum streaming na vida então já que Wagner está aqui vou falar uma outra série agora acessível a todos vocês estão vendo ao contrário de The Wonder Years do Netflix que estamos vendo nesse momento eu e minha esposa chamada de Thousand the thousand uma série incrível conta a história de Jesus numa maneira mais divertida assim de dia a dia é uma grande inspiração né como católico é fantástico ver a maneira em que foi retratado os Evangelhos etc e cara isso é demais é demais é passar o tempo também às vezes muito livro muita coisa de Business e Twitter e todo Startup e para um pouco né E vai rever a história do cara mais Fantástico já passou por aqui é animal Então parabéns Wagner Netflix vou voltar de chozen Fantástico e nossa última pergunta oi para alguém que tá começando hoje na lcs alguém que ouviu esse episódio aqui tá ali numa transição de carreira tá pensando em mudar de área ou que tá navegando ali achou esse episódio e tentar começando nesse nesse mundo né como você falou que tem vários mentorados Quais as dicas que você daria cara Legal acredito que Joca wilheck que até comentei ser o terceira força né Sai mocinha de liderança em questões de livros e conteúdo fala uma frase que ele botaria no outdoor e eu também voltaria no outdoor e até o capa do livro dele e até o Legião Urbana falou a mesma coisa olha que interessante disciplina é liberdade disciplina e liberdade disciplina nas padronizações como eu falei nas calls no bem tratar com os clientes no querer bem dos clientes no ser legal dos clientes Não só na Call mas os bastidores também sem piada e coisas ter esse cliente é um saco e entra na qual cliente vai sentir né então acredito que é CS tem a ver apesar de estar remoto às vezes não tocar e não ver nenhum cliente ao vivo por anos a gente tem que querer tem que gostar tem que trazer essa experiência bacana logo no caminho acho que esse é um esse é um ponto então disciplina nessas coisas tem muita gente que quer fiquei três meses em CS aqui fazendo qual Já criei o Instagram de dicas para vocês Calma né vai pra imento pega algumas mentorias bacanas sobre o assunto sobre assuntos que tangem também esse mundo né Mal completo eu falo dos outlanders aquele livro As lei das 10.000 horas chega mais perto das 10.000 horas dentro do setor de CS né Vai fundo cria repertório para depois estar gerando consultoria tá fazendo as coisas ao longo do caminho então acredito que que seja isso né claro é mentor é uma ótima maneira de de fazer isso acontecer com tanta gente legal do CS que tem por lá boa eu ia dar essa dica final aí ia dar uma notícia que a gente vai estar deixando aqui no na descrição desse Episódio cupom de 100 reais para quem tá ouvindo para quem tá conhecendo a plataforma tá conhecendo o alimento aqui para os dois mentores então chegou lá gostou do Wagner tá com um Desafio em RH e tal todo esse mundo ali tangendo o universo de RH a carreira fala com Wagner tá com uma dúvida sobre sexo sobre reunião que acabamos de ter uma super aula aqui com luz também sobre esse assunto e entrando muito liderança ali então agenda lá com luz então vai ficar bom para galera e pessoal só agradecer Se a Fantástico Wagner integrando aqui eu tive de cor roxo com a gente vai voltar em outros episódios Então vamos se acostumando ali com a voz com a cara do Wagner e Luiz muito obrigado mesmo pelo seu tempo pela aula que você deu aqui para gente foi incrível mais a sua trajetória se aprofundar na sua trajetória e com certeza a galera vai ficar bastante aprendizado disso obrigado mesmo perfeito gente Eu que agradeço estamos aí no Linkedin sempre postando nos podcasts que as pessoas sexuais Estamos por aí grande abraço pessoal boa Wagner agradecer aí pela oportunidade você correste aí muito bom ter batido esse papo conclui e Me sigam lá no Linkedin também Wagner Rocha Me sigam lá e aí quiserem também mentoria aí mentor também na plataforma Fantástico grande abraço e até o nosso próximo episódio aqui também esse podcast é um oferecimento de e mentor a maior plataforma de mentores do Brasil supere desafios de carreira ou da sua empresa saiba mais em em mentor.com.br e conecte fink integrações e automação de processos

Gostou? Compartilhe!